Detalhes

Suzana Herculano-Houzel conversa com João Guilherme Estrella, ex-usuário e ex-traficante de drogas que acabou cumprindo pena de prisão, cuja história verídica deu origem ao filme “Meu Nome Não é Johnny” (com Selton Mello no papel principal). O prazer proporcionado pelas drogas, que frequentemente levam usuários à dependência. Os efeitos das drogas no cérebro. A experiência dramática vivida João Estrella, contada por ele próprio. E por que as campanhas anti-drogas não tem tido os efeitos esperados.

Ficha Técnica:
Suzana Herculano-Houzel (apresentadora)
Sergio Brandão (direção geral)
Danny Donohue (direção artística)
Javier Canteros (assistente de direção e edição)
Gabriele Donati (assistente de direção artística e finalização)
Tania de Oliveira (produção executiva)
Julio Correa (sonorização)
Marco Durante (camera principal)
Jorge Pimentel (iluminação)
Rodrigo Dutra (cinegrafista)
Elda Hasson (maquiadora)

Deixe uma resposta

2 comentários

  • Ilze Melo Campos 3 anos atrás

    Gostei muito do relato do entrevistado. Seria muito bom que a entrevistadora tivesse deixado que ele se expressasse. Ela demonstrou muita ansiedade em colocar seus pontos de vista, sempre se adiantando às respostas dele – não foi possível ouvir de fato a experiência de João Estrela.

  • Marcela 2 anos atrás

    Entrevista boa, porém poderia ser melhor se o entrevistado pudesse ter falado mais